QUANTOS TIPOS DE VMC EXISTEM

Ventilação Mecânica Controlada (VMC) 13/Mai/2021 164
QUANTOS TIPOS DE VMC EXISTEM

Começa a ser cada vez mais consensual a necessidade de adotarmos soluções de Ventilação Mecânica Controlada, mais conhecidas pelas iniciais VMC, para garantirmos a qualidade do ar interior da nossa casa e não menos importante, mantê-la sem humidade.

Neste contexto, pode agora perguntar-se: os sistemas de VMC são todos iguais, existe apenas um tipo ou tenho mais que uma possibilidade de escolha?

Grosso modo, existem três tipos de VMC:

Duplo Fluxo

Simples Fluxo

Individual

VMC Duplo Fluxo

O tipo mais recomendado é o de Duplo Fluxo. Este sistema procede à extração do ar viciado e com humidade que é produzido nas casas de banho, cozinha e lavandaria, e compensa com a insuflação de ar novo nos quartos, salas e zonas comuns. A grande diferenciação deste sistema é que ele possui um permutador que designamos de “fluxos cruzados”, onde a energia contida no ar que vamos expelir, transfere-se antecipadamente para o ar que vamos insuflar, o que permite que este seja introduzido a uma temperatura muito próxima da que já existia, preservando o conforto térmico da casa.

VMC Simples Fluxo

O sistema de Simples Fluxo faz igualmente a extração do ar dos mesmos locais, ou seja, os WC´s, a cozinha e a lavandaria, mas não possui o permutador de fluxos cruzados, o que significa que o ar de compensação entra geralmente através de pequenas grelhas montadas nas paredes ou nas caixilharias das janelas à temperatura que está no exterior. Nestes casos, existe uma influência negativa na temperatura de conforto da casa e perde-se também alguma insonorização. Os sistemas de simples fluxo devem ser adotados, ou por razões económicas, porque são significativamente mais baratos que os de duplo fluxo, ou por questões técnicas, por exemplo, quando não existe viabilidade para implementar uma rede de condutas e válvulas de insuflação de ar.

VMC Individual

Os dois sistemas anteriores, de Duplo e Simples Fluxo, seguem um princípio de centralização. O terceiro tipo de VMC, o Individual, é adotado para resolver necessidades de um único local. Montado obrigatoriamente numa parede exterior, este sistema assegura uma eficaz renovação do ar, mas apenas para aquele compartimento. Os modelos mais indicados possuem um pequeno permutador interno que retém a energia do ar expulso, para depois o transferir para o ar novo que vamos insuflar. Apesar de se tratar de uma solução individual, nada impede de ser implementado em mais que um local, podendo assim assegurar de forma eficaz a eliminação da humidade de cheiros em toda a casa.

Em conclusão, de Duplo Fluxo, de Simples Fluxo ou Individual, já não existem limitações técnicas para garantir a qualidade do ar da sua casa e erradicar de vez esse monstro da humidade por condensação, que destrói a nossa casa e a saúde de quem a habita.