As DOZE mais importantes questões que gostaria de ver respondidas sobre VMC

Ventilação Mecânica Controlada (VMC) 07/Mar/2020 539
As DOZE mais importantes questões que gostaria de ver respondidas sobre VMC

Os sistemas de VMC estão na moda.

De uma forma geral, todas as pessoas que estão atualmente a construir uma nova casa ou a proceder a uma remodelação profunda, já ouviram falar em VMC. Mas nem todos ainda perceberam a importância que este sistema pode ter para a nossa qualidade de vida, para a durabilidade da nossa casa ou para a manutenção adequada do mobiliário, vestuário e calçado.

Confira neste artigo as DOZE mais importantes questões que gostaria de ver respondidas sobre os sistemas de VMC. Vamos a isso?


1 - O que é uma VMC?

VMC são as iniciais de Ventilação Mecânica Controlada e consiste num sistema de renovação de ar, fundamentalmente aplicado às edificações residenciais, ou seja, moradias e apartamentos.

Com os sistemas de VMC pretende-se assegurar a manutenção da qualidade de ar no interior das nossas casas, quer para preservamos a saúde de quem a habita, bem como garantir a ausência de humidade provocada pelas condensações.

Fundamentalmente, existem dois tipos de VMC: Simples Fluxo e Duplo Fluxo. A diferença entre os dois, consiste no facto do sistema de Duplo Fluxo recuperar a maior parte da energia do ar que pretendemos expulsar, ao passo que o sistema de Simples Fluxo não faz esse aproveitamento. Por esta razão, os sistemas que mais interessam são os de Duplo Fluxo e é sobre eles que vamos falar nos pontos seguintes.

2 - Porque temos necessidade de instalar uma VMC? Por que razão só agora se ouve falar nos sistemas de VMC?

Há alguns anos atrás ninguém sabia o que era uma VMC e aparentemente não fazia falta. O que é que mudou?

Mudou fundamentalmente a forma como construímos atualmente as nossas casas, principalmente na sua componente térmica. Hoje, não há casa nova que não preveja a implementação de isolamentos nas paredes exteriores do tipo "capoto", colocação de lã mineral por trás do pladur, caixilharias em alumínio ou PVC sem pontes térmicas, vidros duplos e triplos, etc, ou seja, estamos a construir casas extraordinariamente eficientes...mas que deixaram de "respirar". Por outras palavras, desapareceu praticamente a renovação de ar natural que existia nas construções edificadas antes do início do século. Nessa altura, as casas eram muito desconfortáveis termicamente, mas o ar entrava por todo o lado: pelas frinchas das janelas e portas e muitas vezes até pelo soalho.

Em conclusão, vivemos atualmente em autênticos sacos de plásticos: muito eficientes termicamente, mas com uma qualidade de ar medíocre. E a única forma eficaz, eficiente e económica de resolver este problema, é através da adoção de sistemas de VMC, sistemas de Ventilação Mecânica Controlada.

3 - Como funciona um sistema de VMC de Duplo Fluxo?

Uma VMC é basicamente um sistema que extrai e expulsa o ar poluído e húmido que se gera na cozinha, lavandaria e WC's e insufla ar novo do exterior, na sala, quartos e áreas de passagem.

4 - Os sistemas de VMC eliminam a humidade que existe praticamente em todas as casas?

Se estivermos a falar de humidade provocada por infiltração de água, obviamente que não. Mas os principais problemas de humidade que existem nas nossas casas, resultam das condensações do vapor de água que está contido por exemplo na nossa própria respiração, mais o que se liberta quando confeccionamos comida na cozinha, mas principalmente o que resulta dos banhos e duches quentes regulares. Este vapor de água vai-se acumulando diariamente no interior da nossa casa e acaba por condensar quando fica em contato com superfícies mais frias, principalmente junto às vigas e pilares, tetos e envidraçados, gerando bolores, fungos e bactérias que condicionam a nossa saúde, principalmente aquelas pessoas mais sensíveis aos problemas respiratórios.

5 - Se vou expulsar o ar que está no interior da minha casa, não vou  perder a energia que está nele contida?

Nos modelos de Duplo Fluxo, através de um permutador de fluxos cruzados, o ar que pretendemos expulsar, transfere a energia que possui para o ar novo que entra, contudo, sem se misturarem. Dessa forma, de inverno, o ar que vai entrar na nossa casa, além de previamente filtrado, vai ser insuflado já pré-aquecido. Os melhores equipamentos disponíveis no mercado recuperam até 92% da energia do ar extraído, antes de o expulsarmos para o exterior.

6 - De verão, posso usar o sistema de VMC para arrefecer a casa?

Não. Mesmo que utilizemos uma zona exterior em sombra, pretensamente com temperaturas mais frescas para a captação do ar, os caudais usados nos sistemas de VMC são tão baixos, que a influência na temperatura ambiente é irrelevante. Ajuda, mas não resolve, o que é o mesmo que dizer, que em caso algum, um sistema de VMC se pode substituir a soluções convencionais de climatização para assegurar o conforto da nossa casa.

7 - Quantas horas por dia devo manter a VMC em funcionamento?

Todas. Um sistema de VMC deve estar ligado 24 horas por dia, 365 dias por ano. Com os baixos caudais usados, a VMC só é eficaz se estiver permanentemente em funcionamento.

8 - Quanto pode gastar em energia elétrica um sistema de VMC?

De elétrico, uma VMC apenas tem o ventilador. Na sua velocidade normal, poderá consumir aproximadamente 40Wh. Se multiplicarmos este valor por 24 horas e por 365 dias e ainda pelo custo do Kwh, atualmente aproximadamente 0,20€, teremos um custo anual de :

0,040 x 24 x 365 x 0,20 = 70,00€

9 - Os sistemas de VMC não fazem ruído?

Os equipamentos são bastantes silenciosos e a velocidade de escoamento do ar nas condutas é baixo. Aliás, um dos objetivos dos sistemas de VMC é passarem totalmente despercebidos. Estão lá, cumprem a sua função, mas nós não nos apercebemos da sua existência.

10 - Quanto pode custar a montagem de um sistema de VMC para uma moradia tipo?

É uma pergunta ingrata, pela variação que pode apresentar, pelo que o mais normal seria não a equacionar neste artigo, mas mesmo assumindo alguns riscos, não quero fugir a questão: dependendo de fatores como a sofisticação de equipamento, as dificuldades de montagem, a dimensão da casa, e outros, posso indicar que um sistema de VMC poderá custar entre 2.500€ e 4.500€, embora possam haver opções que poderão atingir valores a rondar os 8.000€.

11 - Os sistemas de VMC precisam de manutenção?

Qualquer coisa, mas qualquer coisa mesmo, sem manutenção cai, os dentes apodrecem, as plantas secam, os prédios desmoronam e os amores acabam. isso também pode acontecer com o seu sistema de VMC. Pelo menos uma vez por ano, os filtros, o ventilador e o permutador devem ser limpos e higienizados. Sem necessidade de substituição dos filtros, 40€ a 50€ por ano é um valor razoável para um acordo de manutenção deste sistema.

12 - Os sistemas de VMC são obrigatórios?

Ainda não, mas vão ser. Para novos licenciamentos, a partir do final deste ano, será necessário garantir a montagem de um sistema de VMC para se obter a licença de utilização. Por aqui também se poderá oferir da importância que este tipo de soluções tem para a nossa qualidade de vida.