A minha Bomba de Calor não dá água suficiente

Água Quente Sanitária (AQS) 02/Mai/2023 2162
A minha Bomba de Calor não dá água suficiente

Atualmente, as Bombas de Calor dominam totalmente o mercado da produção de água quente sanitária para o setor residencial.

Todas as novas construções são equipadas com Bombas de Calor e mesmo nas casas já habitadas, toda a gente quer trocar a solução de água quente existente, por uma Bomba de Calor.

E, na minha opinião, por boas razões: as Bombas de Calor são muito eficientes, ou seja, gastam muito pouca energia, proporcionam água quente durante todo o ano sem necessidade de qualquer apoio e requerem uma manutenção reduzida.

Para ajudar a esta realidade, o programa promovido pelo Estado Português, o “Fundo Ambiental”, financiou a aquisição destes equipamentos até 2.500€, que permitiu que muitas famílias adquirissem uma Bomba de Calor, por um saldo de investimento, muitas vezes, inferior a 1.000€.

No entanto, apesar da maior parte das pessoas optar por adquirir Bombas de Calor de grande capacidade, entre os 200 e 300 litros, algumas delas, queixam-se que não conseguem ter água quente para as necessidades de toda a família.

Existem, fundamentalmente, duas razões, para que isso possa acontecer.

A primeira razão, ocorre particularmente, com as pessoas que, anteriormente, consumiam água quente através de um esquentador. E, como é que habitualmente utilizamos o esquentador? Primeiramente, abrimos totalmente a torneira de água quente, para que o esquentador tenha caudal suficiente para começar a funcionar, e só depois vamos abrindo progressivamente a água fria até que a mistura atinja a temperatura que desejamos.

É assim, certo?

Ora, se utilizarmos o mesmo procedimento com as Bombas de Calor, o que vai acontecer?

Como as Bombas de Calor proporcionam um caudal elevado, se abrirmos totalmente a torneira de água quente, vamos ter de misturar, também, com um elevado caudal de água fria, para termos água à temperatura desejada. O resultado será um duche de grande caudal, mais parecido com um duche escocês, com o jato de água quase a magoar as costas, mas onde, grande parte da água quente, é desperdiçada para o esgoto, e consequentemente, pouca resta, para quem vem a seguir.

Então, como deveremos fazer, quando utilizamos água quente a partir de uma Bomba de Calor?

Também deveremos começar por abrir a torneira de água quente, mas agora, apenas ligeiramente, ou seja, o suficiente para obtermos o caudal mínimo necessário para o nosso duche e temperar, também, com o mínimo de água fria.

Se fizermos desta forma, garanto-vos que uma Bomba de Calor de 300 litros, por exemplo, dará, tranquilamente, para 4/5 duches seguidos.

A segunda razão pode acontecer se, aí em casa, coabitar um ou mais adolescentes, daqueles do tipo que levam o telemóvel e a coluna de som para a casa de banho. Estes consumidores são muito perigosos, porque quando entram no duche, estão totalmente determinados a só de lá saírem, quando a água começar a sair morna. Obviamente, que a seguir, mais ninguém toma banho. Para estes casos, recomendo a implementação de uma regra, que obrigue estes autênticos exterminadores de água quente a serem os últimos a tomar banho. Dessa forma, já não prejudicam ninguém, nem contribuem para denegrir a imagem das Bombas de Calor de água quente sanitária.